A importância das fibras no equilíbrio do organismo!

October 1, 2015

 

Um dos carboidratos mais estudados são as fibras alimentares, que estão associadas à prevenção de diversas patologias, como constipação, diarreia, síndrome do intestino irritável, controle dos níveis de colesterol e glicemia, modulação do sistema imunológico, além de sintomas gastrointestinais, como azia e desconforto abdominal.

 

As fibras são compostos de origem vegetal e constituídas principalmente de polissacarídeos e substâncias associadas, que não são digeridas no intestino delgado. São classificadas como carboidratos que, quando ingeridos, são resistentes à hidrólise, digestão e absorção no intestino delgado e têm fermentação completa ou parcial no intestino grosso.

 

Entre os diversos benefícios das fibras alimentares, encontramos sua ação no equilíbrio e modulação da microbiota intestinal, agindo na prevenção bem como auxilia no tratamento da disbiose intestinal pelo efeito barreira, que atua com resistência à colonização de bactérias patogênicas e capacidade de impedir a adesão de micro-organismos não reconhecidos pelo corpo. Com a homeostase da microbiota intestinal, o intestino pode exercer função imunomoduladora eficaz, em que a ação das bactérias intestinais sobre determinados nutrientes permite melhor absorção e aproveitamento.

 

O efeito das fibras insolúveis na regularização do funcionamento do intestino é verdadeiro, uma vez que as mesmas possuem habilidade de aumentar o peristaltismo e o peso das fezes, resultando em melhor frequência de evacuações do indivíduo, assim, tratando a constipação. As fibras solúveis também atuam no trato intestinal através da sua fermentação no intestino grosso, influenciando o aumento da microbiota saudável. Durante a fermentação, são produzidos ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), que atuam com efeito estimulador contrátil da musculatura.

 

As fibras solúveis exercem função metabólica no organismo, pois apresentam efeito hipocolesterolêmico por controlar a absorção do colesterol dietético, demonstrando redução dos níveis de colesterol total e LDL, com efeito secundário de promoção à saciedade por retardo no esvaziamento gástrico. A ação das fibras sobre o controle da glicemia também se mostra eficaz em indivíduos diabéticos e resistentes ao hormônio insulina, pois as fibras, neste caso, atuam na diminuição da absorção, assim, melhorando a sensibilidade à insulina.

 

Referências:

PASCHOAL, V. et al. . São Paulo, 2009.

VITOLO, R. Márcia. : Da gestação ao envelhecimento. 2 ed. Rio de Janeiro: Rubio, 2015.

Please reload

Featured Posts

Gastrite pode ser prevenida com mudança de hábitos

February 28, 2020

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

© Copyright 2017. Equaliv

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle