O papel dos lipídeos no organismo!

April 18, 2017

 

O sobrepeso e a obesidade são problemas crescentes no cenário epidemiológico mundial e representam um grande desafio para a saúde pública. No Brasil, na última década, o sobrepeso chegou a acometer mais da metade da população, em relação aos valores de Índice de Massa Corporal (IMC). Esse resultado é preocupante para os profissionais de saúde, pois o excesso de peso é considerado um fator de risco para agravos à saúde, como hipertensão arterial, resistência à insulina e hipertrigliceridemia. 

Os ácidos graxos são classificados em essenciais e não essenciais, sendo a alimentação o veículo de fornecimento de ômega-3 e 6. O ômega-9, conhecido como ácido oleico, é produzido em pequenas quantidades no organismo, tendo a necessidade dos outros ômegas, ou seja, sua adequação deve ser concomitante.

Dentre os benefícios do consumo adequado de ômega-3, destaca-se a diminuição das taxas de triglicérides e colesterol total plasmático, o controle da pressão arterial de indivíduos com hipertensão leve e a alteração da estrutura membranosa celular, principalmente, as sanguíneas.

Entre as principais funções do ômega-6 no organismo, estão a formação das membranas celulares gerais e síntese hormonal, o fortalecimento do sistema imunológico e a transmissão dos impulsos nervosos.

Já o ômega-9 apresenta benefícios relacionados à redução dos níveis de triglicérides e LDL colesterol, sendo altamente anti-inflamatório, inibindo a peroxidação dos lipídios e, consequentemente, a oxidação do colesterol a fim de evitar a formação de placas de ateromas.

O óleo de linhaça e óleo de borragem são duas fontes alimentares desses ácidos graxos, capazes de auxiliar no processo de manutenção das células, oferecendo benefícios à saúde cardiovascular e neurológica, bem como interferindo positivamente na manutenção dos níveis de triglicérides. A suplementação desses compostos, juntos, potencializa suas funções de forma mais completa!

 

REFERÊNCIAS

 

BRASIL. Associação Brasileira para Estudo da Obesidade e Síndrome metabólica – ABESO. Mapa da obesidade, 2017. Disponível em: <http://www.abeso.org.br/atitude-saudavel/mapa-obesidade>. Acesso em: 03 mar. 2017.

 

GROSSO, G. et al. Omega-3 Fatty Acids and Depression: Scientific Evidence and Biological Mechanisms. Journal ListOxid Med Cell Longev.,  v. 2014, p. 1-16, 2014.


MOHEBI-NEJADAND, A.; BIKDELI, B. Omega-3 Supplements and Cardiovascular Diseases. Tanaffos., v. 13, n. 1, p. 6-14, 2014.

 

SWANSON, D.; BLOCK, R.; MOUSA, R. Omega-3 fatty acids EPA and DHA: health benefits throughout life. Adv Nutr., v. 3, n. 1, p. 1-7, jan. 2012.

 

VIANA, D. et al. Ácidos graxos e sua utilização em doenças cardiovasculares: uma revisão. RSC online, Campina Grande, v. 5, n. 2, p. 65-83, jul. 2016. 


 

Tags:

Please reload

Featured Posts

Gastrite pode ser prevenida com mudança de hábitos

February 28, 2020

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

© Copyright 2017. Equaliv

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle