Doenças alérgicas: qual o papel da vitamina D?


As doenças alérgicas, que acometem os indivíduos principalmente na infância e adolescência, resultam de uma interação da suscetibilidade genética e a exposição a fatores ambientais. Por conta disso, a nutrição adequada torna-se uma grande aliada, pois tem forte influência no desenvolvimento ou na prevenção da alergia. Nesse sentido, destaca-se a deficiência da vitamina D como uma das causas desse distúrbio no organismo. Uma das funções mais estudadas da vitamina D no organismo é sua atuação no metabolismo ósseo. Contudo aumentou, em grande escala, o interesse a respeito do potencial efeito modulador nas respostas imunológicas inata e adaptativa. Observa-se que a vitamina desempenha importante papel na prevenção e como coadjuvante no tratamento de doenças alérgicas devido à ativação de células reguladoras do sistema imunológico, assim, inibindo a liberação de substâncias químicas do organismo que desencadeiam os sintomas da doença. O mecanismo de ação da vitamina D no organismo consiste na sua atuação como imunomoduladora sobre as vias inflamatórias induzidas por alérgenos, atuando nos receptores expressos em diversas células do sistema imunológico, como linfócitos T e B, células dendríticas, células epiteliais e macrófagos. Ela é capaz de inibir as respostas das células do Th1 e Th2, suprimindo tanto a produção de IL-12 como a expressão de IL-4, que são mediadores inflamatórios associados a reações alérgicas. Além disso, células dendríticas, sinalizadoras de antígenos, podem ser induzidas pela vitamina D, consequentemente, demonstrando potencial efeito protetor. Ainda, além dessa função nas reações alérgicas, a vitamina D, também, tem sido associada como coadjuvante no tratamento de vários tipos de cânceres e outras alterações do sistema imunológico. Por isso, a suplementação de vitamina D durante a gestação tem revelado menor risco de desenvolvimento de alergias no primeiro ano de vida da criança, sendo uma estratégia nutricional importante a ser orientada. REFERÊNCIAS ARSHI, S. et al. Vitamin D serum levels in allergic rhinitis: any difference from normal population? Asia Pac Allergy., Seoul, v. 2, n. 1, p. 45-48, 2012. MIRZAKHANI, H. et al. Vitamin D and the development of allergic disease: how important is it? Clin Exp Allergy., Oxford, v. 45, n. 1, p. 114-125, 2015. RIBEIRO, C.; TAVARES, B.; LUÍS, A. S. Vitamina D e asma brônquica. Rev Port Imunoalergologia., Lisboa, v. 21, n. 2, p. 81-89, 2013. SANTOS, H.; FILHO, N. Relação entre vitamina D e doenças alérgicas. Rev. bras. alerg. Imunopatol, v. 35, n. 1, p. 15-24, mar. 2012. SUAINI, N. H. et al. Immune Modulation by Vitamin D and Its Relevance to Food Allergy. Nutrients., Basel, v. 7, n. 8, p. 6088-6108, 2015

Tags:

Featured Posts
Posts em breve
Fique ligado...
Recent Posts
Posts em breve
Fique ligado...

© Copyright 2017. Equaliv

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle