Vitamina D e sua função além da calcificação




A vitamina D é um hormônio esteroide lipossolúvel que é convertido no organismo em sua forma ativa, 1,25 (OH)2D3, também conhecido por calcitriol, comumente associado à prevenção de osteoporose devido à sua ação para fixação do cálcio nos ossos. Porém o papel desse hormônio no organismo vai além do tecido ósseo, desempenhando uma importante função no sistema imune inato e adaptativo, visto que os linfócitos T e B possuem receptores para essa vitamina. Apesar de estimular o sistema imune inato a produzir mais peptídeos antimicrobianos, a vitamina D age como um supressor da imunidade adaptativa, atuando nas respostas mediadas pelas células do tipo T helper 1(Th1), capazes de produzir citocinas pró-inflamatórias. Além disso, a vitamina inibe a diferenciação de células dendríticas, resultando na supressão da citocina pró-inflamatória IL-12 e aumento da IL-10, um agente anti-inflamatório produzido pelas células do tipo T helper 2 (Th2).


Nos linfócitos B, o calcitriol promove a redução da produção de imunoglobulinas, assim, diminuindo sua proliferação e, ainda, estimulando a diferenciação das células plasmáticas nos linfócitos B de memória. Esse efeito é clinicamente importante em doenças autoimunes, uma vez que as células B são as responsáveis pela produção de anticorpos reativos que estão ligados à fisiopatologia dessas doenças.


A vitamina D atua, também, na mudança das células Th1 para Th2, o que reduz o dano tecidual ligado à resposta imunológica de células Th1, que têm ação pró-inflamatória.


Estudos recentes têm exposto a relação entre a hipovitaminose D e a maior incidência de doenças autoimunes, como esclerose múltipla, artrite reumatoide e lúpus eritematoso sistêmico, indicando uma possível alternativa para tratamento terapêutico com a reposição exógena da vitamina. Porém essa relação pode ser causada por diversos fatores, como menor capacidade física e exposição ao sol dos indivíduos com doenças autoimunes, além do efeito colateral de medicamentos usados no tratamento.


REFERÊNCIA


DAS, B. K.; PANDA, A. K. Vitamin D: The unexplored immunomodulator. International Journal Of Rheumatic Diseases, [s.l.], v. 19, n. 4, p.332-334, abr. 2016.


GARCÍA-CARRASCO, M.; ROMERO, J. L. Vitamina D y enfermedades autoinmunes reumáticas. Reumatología Clínica, [s.l.], v. 11, n. 6, p.333-334, nov. 2015.


VIRGOLINO, S. F. Prevalência de hipovitaminose D em um grupo de pacientes com doenças autoimunes. 2017. 4 f. Tese (Doutorado) - Curso de Nutrição, Centro Universitário do Vale do Ipojuca,

Tags:

Featured Posts
Posts em breve
Fique ligado...
Recent Posts
Posts em breve
Fique ligado...

© Copyright 2017. Equaliv

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle