Micronutrientes e bioativos essenciais à saúde do homem





De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016), os homens vivem em média 7,1 anos a menos do que as mulheres, e muitas das causas de mortalidade poderiam ser prevenidas. Segundo o Ministério da Saúde, as doenças isquêmicas do coração, como infarto do miocárdio, além de pneumonia, cirrose e diabetes estão entre as principais causas de morte nos indivíduos do sexo masculino.


Muitos são os fatores que colaboram para esses números tão discrepantes. No que diz respeito à alimentação, por exemplo, as diferenças na estrutura corporal entre homens e mulheres interfere em suas necessidades nutricionais. Com aproximadamente 5% a mais de massa magra, a necessidade proteica, glicêmica e calórica dos homens é mais elevada. Já a necessidade de cálcio e ferro é menor se comparada ao sexo feminino.


As vitaminas e os minerais essenciais à saúde do homem são A, C, E, K e as do complexo B, magnésio, zinco, cromo e selênio, respectivamente. Já o picolinato de cromo pode contribuir para o aumento da sensibilidade das células à insulina, regulando, assim, os níveis glicêmicos e favorecendo o uso da glicose como fonte de energia, assim, evitando seu armazenamento na forma de gordura. Consequentemente, tanto a performance quanto a definição muscular aumentam. Quanto aos compostos bioativos, alguns merecem destaques para serem inclusos na alimentação masculina:


- Curcumina: pigmento de cor amarela obtido a partir da cúrcuma (Cúrcuma longa L.), a curcumina exerce diversos efeitos anti-inflamatórios, antibacterianos, antivirais, antifúngicos e antitumorais. Além disso, a curcumina inibe a atuação de espécies reativas de oxigênio (ROS), formadas através de reações de estresse celular e que podem dar origem a diversos tipos de cânceres, inclusive, da próstata.


- Resveratrol: é um composto derivado da classe dos polifenóis encontrado em alguns alimentos, sobretudo na casca das uvas e no vinho tinto. Desempenha grande efeito anti-inflamatório e antioxidante, assim, potencializando a atuação de enzimas antioxidantes responsáveis por combater o envelhecimento celular precoce.


- Catequinas: as catequinas são flavonoides presentes em grandes quantidades no chá-verde (Camellia Sinensis). Possuem ação anti-inflamatória ligada à inibição da atividade da proteína IKK, associada à resposta inflamatória, além de reduzirem a expressão gênica da enzima COX2, responsável pela cascata inflamatória.


Dessa forma, o consumo de vitaminas, minerais e compostos bioativos, em quantidades adequadas e recomendadas por um profissional especializado, pode prevenir o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis que acometem a população masculina, dessa forma, promovendo mais saúde e qualidade de vida.


Referências:


BASTOS, D.H.M., et al. Mecanismos de ação de compostos bioativos dos alimentos no contexto de processos inflamatórios relacionados à obesidade. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia, v. 53, n. 5, p. 646-656, jun. 2009.


BRASIL. Ministério da Saúde. Saúde: Política Nacional de Saúde do Homem. Disponível em: <http://www.brasil.gov.br/editoria/saude/2011/09/saude-do-homem>. Acesso em: 25 jun. 2018.


HERMIDA, P.M.V., et al. Os micronutrientes zinco e vitamina C no envelhecimento. Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde, v. 14, n. 2, p. 177-189. 2010.


INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (Brasil). Tábua completa de mortalidade - Ambos o sexos. Brasília: IBGE, 2016.


RAHMAN, I. et al. Regulation of inflammation and redox signaling by dietary polyphenols. Biochem Pharmacol, v. 72, n. 11, p. 1439-52, jun. 2006.


SOARES, E. dos S.R. et al. Compostos Bioativos em alimentos, estresse oxidativo e inflamação: uma visão molecular da nutrição. Revista Hospital Universitário Pedro Ernesto, v. 14, n. 3, jul-set. 2015.

Tags:

Featured Posts
Posts em breve
Fique ligado...
Recent Posts
Posts em breve
Fique ligado...

© Copyright 2017. Equaliv

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle