Suplementos à base de óleos vegetais para aliviar os sintomas da TPM e menopausa



A tensão pré-menstrual (TPM) e a menopausa caracterizam-se por alterações hormonais que envolvem mudanças psicológicas, comportamentais e físicas, dessa forma, dificultando a vida das mulheres. A adoção de uma alimentação equilibrada, incluindo o uso de suplementos vegetais, pode ajudar a minimizar esses sintomas.


A TPM é uma fase de vulnerabilidade com sintomas físicos e psicológicos que antecedem a menstruação e desaparecem com o fluxo menstrual. Entre os sintomas físicos relatados, citam-se as dores nos seios (mastalgia), cólicas, inchaços, dores de cabeça e cansaço; já os sintomas emocionais incluem irritabilidade, humor deprimido e ansiedade. Diversos estudos têm mostrado que os sintomas da TPM impactam negativamente no cotidiano das mulheres, afetando suas relações familiares, sociais e profissionais.


A menopausa, por sua vez, caracteriza-se por uma condição natural do envelhecimento, uma vez que o ovário interrompe a produção de óvulos, o organismo produz menos estrogênio e progesterona e a menstruação se torna menos frequente até o fluxo parar completamente. Nesse período, é comum as mulheres sofrerem algum tipo de desequilíbrio hormonal, resultando em calores (fogachos), hipertensão, doenças do coração, osteoporose, depressão, fadiga e até doenças neurodegenerativas.


O uso de suplementos encapsulados à base de óleos vegetais tem demonstrado resultados positivos no manejo dos sintomas da TPM e da menopausa, contribuindo para a melhora da qualidade de vida das mulheres. Um estudo de revisão avaliou a influência no consumo do óleo de linhaça e da linhaça sobre o perfil lipídico de mulheres na menopausa e pós-menopausa. Embora o consumo da semente de linhaça tenha apresentado resultados mais positivos na redução dos níveis plasmáticos do colesterol, o óleo de linhaça também contribuiu para a regulação eficiente do perfil lipídico.


O consumo do óleo de prímula pode minimizar os sintomas da TPM. As sementes da prímula possuem ácido gamalinolênico, um regulador da síntese de prostaglandinas ‒ substâncias com propriedades anti-inflamatórias e que auxiliam na regulação dos hormônios sexuais estrógeno e progesterona. Durante a TPM, sintomas característicos estão relacionados com a regulação de prostaglandinas. Assim, consumir alimentos ricos em ácido gamalinolênico, como o óleo de prímula, pode contribuir para a regulação dessas substâncias, atenuando os efeitos da TPM. Quanto aos efeitos deste na menopausa, o óleo de prímula contém os ácidos linolênico e linoleico, que são capazes de reduzir os fogachos no período noturno, além de otimizar a absorção de cálcio pelo intestino e, consequentemente, a deposição óssea.


Dessa forma, o consumo de óleos vegetais, quando prescritos por profissional especializado, pode reduzir os desconfortos causados pela TPM e menopausa, trazendo bem-estar e qualidade de vida à mulher.


Referências:


DIAS, I.M. Menopausa. Rev. bras. odontol., v. 69, n. 1, p. 6-7, jan. 2012.


GUERRA, T.R.B. et al. Consumo de fitoestrógeno linhaça e níveis lipídicos na menopausa: o que há de evidência?. Revista de Atenção à Saúde, v. 14, n. 49, p. 92-97, jul. 2016.


FIGUEIREDO, A.L. et al. Menopausa: conceito e tratamentos alopático, fitoterápico e homeopático. Ciência e Cultura - Revista Científica Multidisciplinar do Centro Universitário da FEB, v. 7, n. 2, nov. 2011.


MENDES, N.A. et al. Alterações Fisiológicas relacionadas à Síndrome da Tensão Pré-Menstrual na vida da mulher. Id on Line Rev. Psic, v. 10, n. 33, p. 1-9, jan. 2017.


SANTOS, T. et al. Tensão pré-menstrual (tpm): fitoterapia baseada em evidências. Revista Uningá Review,

v. 24, n. 3, p. 139-145, out. 2015.

Tags:

Featured Posts
Posts em breve
Fique ligado...
Recent Posts
Posts em breve
Fique ligado...

© Copyright 2017. Equaliv

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle