Os benefícios do consumo das sementes de chia


A semente de chia é muito presente no cardápio daqueles que buscam um estilo de vida mais saudável, sendo um ingrediente que pode ser facilmente adicionado em pães, bolos, saladas de frutas e outras misturas.

O alimento, considerado funcional, é uma fonte natural de Ácido alfa-linolênico (ALA), cuja porcentagem em sua composição é de aproximadamente 60% (dentro de 32% total de óleo).

Por ser um ácido graxo essencial, o ALA está relacionado à prevenção e ao tratamento de diversas doenças inflamatórias, diabetes, DCV, autoimunes, câncer, além de auxiliar no desenvolvimento saudável do ser humano.

Outro componente encontrado em abundância na chia é a fibra (em torno de 33,5%), principalmente a fibra insolúvel (25,4%), que quando associada à água tem grande habilidade de absorção e auxilia no aumento do volume fecal e induz os movimentos peristálticos, prevenindo a constipação e o câncer de cólon, além de aumentar a saciedade.

A farinha da chia é rica em proteína (cerca de 22,7%), e contém principalmente aminoácidos, como o ácido aspártico e a glutamina, que além de ser encontrada em maior proporção na chia está relacionada com a melhora do sistema imunológico, e a arginina, que age na prevenção de doenças cardiovasculares.

Em menores concentrações, encontra-se a valina, a leucina e a alanina, na mesma quantidade existente na soja e na semente de girassol.

A chia também contém altas concentrações de antioxidantes, como ácido clorogênico, cafeico e quecetina. Os antioxidantes são responsáveis por combater o estresse oxidativo e os radicais livres.

Os estudos evidenciam que a semente de chia pode trazer benefícios à saúde, com o equivalente a uma colher de sopa de chia ao dia. Dessa forma, é recomendado que, por ter um gosto mais neutro, ela seja explorada para utilização em alimentos, de forma a deixá-los mais saudáveis e nutritivos.

COELHO, Michele Silveira; DE LAS MERCEDES SALAS-MELLADO, Myriam. Revisão: Composição química, propriedades funcionais e aplicações tecnológicas da semente de chia (Salvia hispanica L) em alimentos/Review: Chemical composition, functional properties and technological applications of chia (Salvia hispanica L) seeds in foods. Brazilian Journal of Food Technology, v. 17, n. 4, p. 259, 2014.

DA SILVA, Camila Saran et al. A chia (Salvia hispanica L.) como nova alternativa alimentar e no tratamento de doenças crônicas não transmissíveis. Rev Bras Nutr Clin, v. 28, n. 3, p. 234-8, 2013.

Featured Posts
Posts em breve
Fique ligado...
Recent Posts
Posts em breve
Fique ligado...

© Copyright 2017. Equaliv

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle